2018-5 Juventude

Alguns conselhos práticos

Abr 12, 2019 Editoria

Eis alguns conselhos práticos relacionados à conquista da castidade por pessoas que saíram de profundas dependências sexuais. Eles são valiosos para todos aqueles que lutam pela castidade.

Um

Sobretudo afaste de perto de si tudo que provoca ou possa provocar o estímulo sexual. Trata-se não somente da típica pornografia “pesada”, mas também da chamada leve, ou até de certas publicações que apresentam artigos sobre sexo e fotos sensuais. Instale sem falta um bloqueio de sites na internet, ou até a desligue por completo, pelo menos por algum tempo. A televisão também não é menos perigosa.

Dois

Procure olhar com respeito e amor e não com desejo para as pessoas do sexo oposto. Não as dispa com o olhar. Não crie fantasias. Afaste o olhar de mulheres vestidas de forma provocante.

Três

Não contemple o seu corpo e não o toque sem necessidade. Não lute diretamente com os pensamentos impuros. Quando surgirem, ignore-os e concentre a atenção em algum tema seguro. Lembre-se de que você renuncia a esses pensamentos agradáveis em prol de valores incomparavelmente maiores.

Quatro

Não estabeleça diálogo com a tentação.

Cinco

Utilize o tempo livre com inteligência. Procure usá-lo para algo útil. Elabore uma programação do dia e coerentemente o cumpra.

Seis

Encontre paixões não eróticas. Com certeza você tem algum hobby ou outra ocupação que lhe dá satisfação. Desenvolva essas esferas de atividade para que possam lhe servir como contrapartida sadia para o interesse excessivo por sexo.

Sete

Cuide de si. Movimente-se ou pratique um esporte. Tenha tempo para o descanso. Busque prazeres seguros: permaneça em contato com a natureza, alegre-se com uma música suave, com programas sadios, com a companhia de amigos etc. Talvez você possa envolver-se em algum trabalho voluntário? Muitos doentes, pessoas idosas e deficientes esperam a sua ajuda!

Oito

Olhe para o período da abstinência como para um tempo inestimável, criativo, não como para o fim do mundo. Isso não é uma sentença, penitência ou fim de qualquer sexualidade. Pelo contrário − a castidade lhe possibilitará justamente conscientizar-se e vivenciar plenamente a sua sexualidade.

Nove

Aceite-se como um ser sexual. Aprenda a distinguir a sexualidade sadia do desejo ou da dependência. Lembre-se de que com o tempo muitas coisas vão mudar. A sua vivência da sexualidade sofrerá sensíveis mudanças. Você está em busca de uma nova qualidade.

Dez

Tenha paciência consigo mesmo. Não desanime com os tropeços. Caso algum lhe ocorra, vá imediatamente confessar-se. Você perdeu uma batalha, mas não perdeu a guerra. Não se condene, visto que Deus lhe perdoou e continua a amá-lo. Seja amável e cooperativo consigo mesmo, mas não se contente com menos. Das derrotas, tire lições para o futuro.

Onze

Busque a “formação de limites”. Elabore uma lista dos comportamentos, das situações, das circunstâncias, pessoas ou coisas ambíguas ou perigosas. Faça o propósito de evitá-los, porque ameaçam a sua castidade. Os limites lhe garantem uma esfera de segurança e de crescimento. Em outras palavras − evite os “detonadores”. Respeite a sua fraqueza e evite-os.

Doze

Procure evitar a sensação de que você é uma vítima ou de que não vale nada, porque está sujeito a quedas. Você é frágil, mas com certeza tem força suficiente para decidir a respeito de diversas questões relacionadas à conquista da castidade, por exemplo, na questão do estabelecimento de limites, de evitar os “detonadores”, de recorrer aos sacramentos ou à oração diária.

Treze

Encontre uma pessoa de confiança com a qual possa conversar sinceramente ou, melhor ainda, um confessor permanente. Não mantenha os desejos, as tentações, os maus propósitos, etc., em segredo. A sua ocultação pode intensificá-los.

Catorze

Lembre-se de que você não aprenderá a castidade nem se livrará do vício sem desenvolver a espiritualidade. Conscientize- se de que a vida espiritual é o fundamento, não uma opção adicional. Encontre tempo para o silêncio e a reflexão. A santa Missa, a confissão, a oração, o registro de pensamentos, a leitura e a meditação, o retiro − tudo isso deve ser incluído em seus planos. A chave da vida espiritual é a perseverança. Pelas suas práticas você estabelece contato com Deus. (Procure executá-las, ainda que a sua fé seja muito frágil). Isso lhe dará força e resistência em situações difíceis. A sua bateria espiritual estará carregada. Peça o dom da castidade.

Quinze

O amadurecimento sexual não é algo repentino ou deslumbrante − ocorre devagar e aos poucos. Permita que Deus aja em você. Confie com paciência. Acredite naquilo por que espera. Devagar, mas com persistência.